Compliance Documental

5:00 Horas
22/02/2022 e 23/02/2022 – 09:00 às 11:30
Webinar

Compliance Documental é um novo conceito oriundo da crescente demanda regulatória com respeito à documentação corporativa. O Novo Normal exigiu uma série de ajustes nas obrigações legais, impactando diretamente no tratamento dos documentos. Além disso, a validade jurídica dos documentos depende do cumprimento de uma série de requisitos.

Isto exige que a equipe de Compliance agregue ao seu time um profissional de ciência da informação. Esta pessoa ficará vigilante quanto ao tratamento da documentação, física e digital.

Este programa tem como objetivo explorar novas tecnologias fundamentais para o exercício desta nova função dos arquivistas frente às demandas regulatórias. Uma parte importante é a adequação do arquivo físico, inclusive aquele armazenado em guardas externas.

Público alvo: arquivistas, bibliotecários, técnicos em documentação, profissionais da ciência da informação responsáveis por arquivos corporativos, representantes de guarda externa, assim como colaboradores da área de Compliance.

R$400.00

Este valor inclui material, certificado e participação no Webinar
Preencha o formulário de pré-inscrição. Somente após a confirmação da turma você receberá um email com o link para pagamento.
Enviar Pré-Inscrição

Elaine Restier – sócia diretora da Organizator Consultoria em Informação, atua desde 2000 em projetos de Ciências da Informação em instituições de distintos portes e segmentos, tais como: CTG Brasil, Barzel Properties, Banco BTG Pactual, Natura, Bayer Cropscience, Racional Engenharia, Laboratório Bergamo/Amgen, PDG Realty entre outras. Economista (UGF/RJ) com MBA em Business Intelligence pelo Senac-SP.

Módulo 1 – Parte Teórica

O material teórico é uma apostila disponibilizada antes do curso, cujo conteúdo é pré-requisito para o melhor aproveitamento do programa. Este material apresenta:
»A evolução do Compliance
»A demanda legal como motor transformador
»O arquivo e sua função de prova
»Problemas comuns nos arquivos
»Temporalidade Documental x Archving
»Ferramentas de classificação – Taxonomia e metadados
»Formato padrão do arquivo digitalizado – o PDF/A
»Diferença entre documento eletrônico, nato-digital e digitalizado
»Arcabouço regulatório básico para o tratamento documental
»O papel das entidades ABNT e Conarq

Módulo 2 – Parte Prática

»Webinar, dividido em 2 dias, onde os participantes interagem com o palestrante. Serão abordados os seguintes pontos:

Painel 1 – Pilar Legal

»Conceito de Compliance Documental
»Decretos recentes que mudam o tratamento dos documentos
»A armadilha das medidas provisórias
»Como o Lockdown afetou as obrigações legais e seus registros/documentos
»A validade jurídica do documento eletrônico e do documento digitalizado
»Lei da Queima de Arquivo (Decreto 10.278/2020) – análise crítica
»A Lei do e-Gov (Lei 14.129/2021) e os impactos na documentação eletrônica
»O comprometimento do marco regulatório com a sobreposição de leis federais que tratam sobre a forma de assinatura dos documentos
»Assinatura Eletrônica – a virtualização do processo e o “buraco no arquivo”.
»Evidências & Peritagem – como assegurar que os documentos assinados eletronicamente não sejam questionados no futuro
»Como o Blockchain pode ajudar neste novo cenário

Painel 2 – Pilar Tecnológico

»O Novo Normal e a necessidade de compartilhar documentos
»A LGPD sob a ótica do dado não estruturado, ou seja, os documentos
»Dados Pessoais e Dados Sensíveis nos documentos físicos e digitais
»Exigência da LGPD de anonimizar os dados e o futuro do arquivo inativo nas guardas externas
»Rotulagem de Dados (Pessoais e Sensíveis) – descubra dados espalhados na rede.
»Sistema de Privacidade de Dados – fundamental para localizar os documentos
»Privacy by Design – como este conceito ajuda na preservação dos documentos
»Governança – uma cultura ainda a ser amadurecida
»O papel do novo arquivista – novas atribuições & limites de atuação

»Mitigar o risco de não conformidade dos documentos corporativos, em linha com o conceito ‘Privacy by Design’.
»Atualizar os processos que envolvem a documentação, garantindo sua função de prova.
»Entender qual o suporte oficial do documento e o tipo de assinatura valida.
»Explorar novas tecnologias que assegurem a validade jurídica dos documentos.
»Definir o repositório adequado para a preservação e integridade do documento.
»Redefinir as atividades e responsabilidades do profissional responsável pela documentação corporativa.

Rolar para cima